Tem um imóvel para alugar? Saiba se vale a pena alugar por conta própria

Tem um imóvel para alugar? Saiba se vale a pena alugar por conta própria

O que é mais vantajoso para quem tem um imóvel para alugar? Negociá-lo por conta própria ou contar com a intermediação de uma imobiliária?

Para o proprietário, negociar diretamente com o inquilino pode até ser mais rentável, pois dispensa o pagamento das taxas de administração. Porém, será que compensa assumir sozinho todos os trâmites da locação?

Confira neste post as vantagens de contar com o auxílio de uma imobiliária quando se deseja colocar seu imóvel para alugar.

Busca pelo inquilino

Além de todos os canais de divulgação dos imóveis que aluga (redes sociais, anúncios, site etc), as imobiliárias geralmente dispõem de um cadastro de clientes interessados em alugar imóveis. Por isso, têm mais facilidade para fechar o negócio.

Quando o seu imóvel ingressa na carteira de locações da imobiliária, ele encontra com uma relação de potenciais inquilinos que já expressaram interesse em imóveis com as mesmas características que o seu. Isso acelera bastante a locação.

Não esqueça que imóvel desocupado, além de não gerar renda ao proprietário, tem despesas fixas.

Segurança jurídica

Nem todo proprietário que deseja alugar seu imóvel por conta própria tem conhecimento suficiente para elaborar um contrato de locação que proteja seus interesses de forma satisfatória.

As imobiliárias já contam com modelos padronizados de contrato, que cumprem com a função de proteger tanto o locador quanto o locatário. Além disso, as empresas contam com assessoria jurídica que pode ser acionada no caso de alguma intercorrência.

Análise de cadastro

Você que pensa em alugar seu imóvel por conta própria, sabe quais os procedimentos necessários para fazer a análise de crédito dos inquilinos? Pois este é mais um procedimento padrão da imobiliária, que garante tranquilidade ao proprietário.

Cobranças

Aluguel, IPTU, seguros, condomínio… Durante a locação há uma série de valores devidos pelo locatário que precisam ser cobrados. Trata-se de mais um processo rotineiro para a imobiliária.

Para o proprietário que aluga por conta própria, porém, esta rotina pode gerar um grande desgaste com o seu inquilino.

Comodidade para o proprietário

Uma boa imobiliária garante ao proprietário do imóvel absoluta tranquilidade em todos os processos que envolvem a locação. Todo o incômodo que a relação com o inquilino pode gerar, desde a assinatura do contrato até a entrega do imóvel, fica sob responsabilidade da imobiliária.

Gerenciamento nos casos de rescisão

Quando se encerra o período de locação ou mesmo quando o inquilino decide deixar o imóvel antes do fim do contrato há alguns procedimentos que precisam ser analisados para garantir os direitos do proprietário e a manutenção do imóvel.

É necessário checar se todos os impostos e taxas foram pagos e realizar a vistoria para verificar se o imóvel está sendo devolvido nas mesmas condições em que foi alugado. Se houver diferenças, é necessário negociar os reparos antes de concretizar a rescisão do contrato.

Com profissionais especializados, a imobiliária tem mais facilidade de executar essas tarefas sem envolver o proprietário, prevenindo eventuais prejuízos.

Esses são os principais benefícios que a imobiliária pode garantir ao proprietário que deseja colocar seu imóvel para alugar.

A contrapartida por todos esses serviços é a taxa administrativa. Ela oscila entre 10% e 18%, dependendo das garantias solicitadas pelo locador. É por meio desta comissão que as imobiliárias podem garantir, inclusive, o pagamento do aluguel, mesmo com inadimplência do inquilino, de até 100% do contrato.

Será que vale a pena passar por todos os contratempos citados sem o auxílio da imobiliária?

Tem mais alguma dúvida sobre os serviços da imobiliária na administração de contratos de locação? Que tal entrar em contato com a gente conhecer um pouco mais sobre este trabalho?

Sem comentários

Cancelar